Blog

Fórum Sustentabilidade e Governança promove debate sobre moda sustentável

O painel “Tendências em sustentabilidade e governança” explora como a indústria da moda – a segunda maior poluidora do mundo – trabalha a sustentabilidade e seu processo produtivo

A sétima edição do Fórum Sustentabilidade e Governança, promovido pela STCP Engenharia de Projetos em parceria com a Milano Consultoria e Planejamento, trará uma rica discussão de boas práticas que estão impactando negócios e impulsionando a inovação para diferentes setores da economia.

O evento, que neste ano tem como temática as “Estratégias que impactam negócios e norteiam o amanhã”, apresentará cases de tendências em sustentabilidade e governança de players de destaque do mercado, como a Natural Cotton Color. O grupo nasceu na Paraíba em 1995 com a proposta de oferecer produtos desenvolvidos com algodão colorido para os setores de moda e decoração. Em sua cadeia produtiva, inclui-se a plantação do algodão colorido orgânico, tecelagens, artesãos, costureiras, estilistas e designers organizados em associações.

A Natural Cotton Color realiza diversas ações de destaque em termos de sustentabilidade, baseando-se no meio ambiente, no social, na viabilidade econômica, e no design contemporâneo com inserção da cultura local pelo artesanato, com foco no mercado global.

Para Francisca Vieira, CEO da Natural Cotton Color, é importante divulgar que é possível fazer moda – a segunda indústria maior poluidora do mundo – de forma sustentável. “Nossa marca tem uma pegada de carbono bem reduzida, porque a cadeia toda gira em torno de 120 km. Além disso, como o algodão colorido já nasce com a cor evita-se, assim, a etapa do tingimento, o que gera economia de 87,5% de água em seu processo produtivo. Junto a isto, há o nosso trabalho social com o homem do campo e os artesãos. É preciso divulgar esta ação para incentivar outras empresas, marcas, criativos e empreendedores”.

No primeiro dia de evento, o painel “Tendências em sustentabilidade e governança: cases corporativos”, Francisca mostrará, através da história da marca, que sustentabilidade é viável e é fácil de praticar. “Não devemos colocar o dinheiro na frente, ele será a consequência do trabalho. Uma empresa que não pensa nos pilares da transparência, ética e valorização de pessoas já está ultrapassada e pode desaparecer”, comenta a CEO.

Serviço:

Fórum Sustentabilidade & Governança

21 e 22 de agosto

Auditório da FAE – Curitiba/PR

Clique aqui e inscreva-se

E-mail: forum@stcp.com.br

Curta a página oficial do Fórum no Linkedin

Mais informações: (41) 3079-2718 / 3079-2719

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *